eliane.torres 17 de fevereiro de 2017 at 09:52h

Palhaço 14 Bis se apresenta no CEU das Artes

 

 

Gargalhadas e mais gargalhadas. Essa foi a reação do público que prestigiou a apresentação do Palhaço 14 Bis na tarde da última quarta-feira (15) no Centro de Artes e Esportes Unificados de Toledo (Ceu das Artes). Uma parceria entre a Secretaria de Cultura, Fundação Nacional de Artes (Funarte) e o artista Christopher Lima. A atividade contemplou cerca de 200 alunos do pré ao quinto ano da Escola Municipal Ivo Welter.

A apresentação “Só, Eu mesmo de Palhaço” aconteceu na quadra do CEU das Artes e cativou crianças e adultos. Segundo o coordenador de Eventos da Secretaria de Cultura, Ricardo Santos, “a ideia é fomentar a estrutura do CEU das Artes, trazer mais eventos para essa região com parcerias público/privadas, como as companhias de dança, artes marciais, entre outras”.

A diretora de Cultura, Magda Ritter, disse que essa região é carente desse tipo de evento. “Hoje estamos abrindo com o Palhaço 14 Bis um circuito que vai se estender ao longo do ano”, adiantou a gestora.

Para a coordenadora Pedagógica da Escola Ivo Welter, Paula Grazielle Novaes, essa parceria é muito boa. “Essa é uma excelente oportunidade de oferecer atividades culturais e diferenciadas para nossas crianças. Muitas delas não têm acesso. Dessa forma facilita muito pra nós, pois não dependemos de transporte público para prestigiar uma ação aqui no CEU das Artes. Em alguns momentos nós também solicitamos o espaço, pois a estrutura é muito boa”, salientou a professora.

O coordenador do CEU das Artes, Celso Triper, informou que essa é a primeira atividade cultural do ano no Centro. “Essa é uma excelente forma de envolver a comunidade e oportunizar uma atividade diferenciada para os alunos”, disse Triper.

Celso reforçou que o espaço está aberto para a comunidade em geral. “É importante frisar que o CEU das Artes não é destinado apenas para os jovens e crianças e sim para toda comunidade. Esse é um espaço público de todos”, frisou.

 

“Só, Eu Mesmo de Palhaço”

O espetáculo “Só, Eu Mesmo de Palhaço”, traz aspectos do teatro popular com um olhar às relações humanas. Prezando a aproximação íntima com o público, em outras palavras uma comemoração para brindar a vida. No entanto se estabelece um “Jogo” onde o público é convidado a acreditar, que as mais incríveis besteiras se tratam de grandes conquistas, onde ninguém se engana ou é enganado, mas sim levado a perceber os valores presentes na sociedade.

Toda forma de técnica ou virtuosismo de malabarismo, ilusão e truques, são apenas pretextos para o Palhaço 14 Bis brincar com o público e contagiar alegria por onde passa.